sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Os caminhos do coração


Muitos dizem com bastante sinceridade até, que o amor é a coisa mais importante da vida.Mas quantas vezes se contradizem, mais preocupados em vencer numa discursão, conseguir o que querem a qualquer custo, modificar os outros, colecionar sucessos, consumir...
São inumeras as chances que temos, diariamente,de escolher o amor.Essas escolhas se traduzem em afeto,gratidão,aceitação,relacionamentos enriquecedores e esperança.
Tendo dito tudo isso,sinto necessidade de acrescentar que é mais fácil dizer do que fazer escolhas amorosas.A todo momento surgem obstáculos que parecem afirmar: " Não vale a pena..." Parece mais lógico pensar vou amar quando - e você completa a frase - " meus filhos se comportarem, minhas contas estiverem pagas, eu superar as dificuldades...

O amor começa dentro do nosso coração.
É uma escolha.

Cada um de nós transforma um pouco o mundo
com as pequenas escolhas que faz .

Podemos contribuir para o problema ou facilitar a solução.

Trechos do texto : O amor é uma Escolha - Richard Carlson,Phd
Os Caminhos do Coração - Richard Carlson e Benjamin Shield

*******************************************************************

Esse livro reune ensaios originais sobre o amor de autores como John Gray,Deepak Chopra, Leo Buscaglia, Louise Hay, Stephen Covey James e Salle Redfield e outros consagrados autores.

São textos inspiradores e que nos levam a repensar como nos comportamos e comos podemos trazer mais amor para a nossa vida!

4 comentários:

Ela disse...

Também acredito fielemente , que transformamos o mundo com as escolhas que fizemos.
E principalmente que é possível buscar amor no mundo!

Belo post
Bom final de semana

Gabriel disse...

Texto ótimo!
Todos defendem o amor. "All youuu neeeed iss lovee - loveee is all you need". Mas quantos PRATICAM o amor?

Afinal, é realmente muito fácil gostar do amor quando o amor é prazer, quando o amor é desejo, quando o amor é carinho recebido. Mas amar vai muito além disso!

Amar é cuidar, às vezes discordar, é prestar atenção, é estar acessível, é querer fazer diferença para pessoa, ou mesmo, em grande parte, abdicar do que é pra si e ainda se sentir feliz por isso.

O amor é muito falado, mas realmente muito pouco praticado. Realmente uma pena! :)

beijos!

Bel disse...

Conheço alguns desses autores... e John Gray é feliz em colocar "As 5 linguagens do amor", vc já leu? Tem e-book disponível num link lá no meu blog.

Beijinho1

Eternessências disse...

"Mari":
Primeiro, agradecer - o carinho de sua indicação, suas visitas sempre tão ternas, a esperança que seu coração espalha...
Depois, concordar com as palavras que você postou sobre o AMOR - sentimento tão almejado por todos nós e, na maioria das vezes,deturpado e incompreendido.É preciso nos dispormos ao seu aprendizado.O AMOR é a nossa essência ,e dela não podemos nos descuidar.
Com carinho,
Rose.