sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Dádivas de amor


Palavras que inspiram
"Se eu puder impedir que um coração se parta,
Não terei vivido em vão;
Se eu puder aliviar o sofrimento de uma vida,
Ou diminuir a dor,
Ou ajudar um frágil rouxinol
A voltar novamente para seu ninho,
Não terei vivido em vão."

(Emily Dickinson)

Sobre a arte de contar histórias

( extraido do Livro Histórias para aquecer o coração)

"Uma história é capaz de iluminar nossa relação com os outros, de fortalecer nossa compaixão, de transformar o olhar com que contemplamos os nossos semelhantes, confirmando a crença de que estamos todos juntos na tarefa de viver... Uma história leva-nos a descobrir uma verdade nova, a dar-nos uma nova perspectiva, a ver o mundo de maneira renovada".
(Ruth Stotter)

“Histórias são dádivas de amor.”
(Lewis Carroll)
Desejo a todos vocês um maravilhoso final de semana!!!

6 comentários:

Carol Timm disse...

Mari,

São lindas as coisas que você traz para cá.

As Dádivas de amor são muitas, mas escolheu algumas que também tocam fundo o meu coração.

Beijos,
Carol

Ela disse...

Gosto muito de tudo que vc seleciona, histórias nos ajudam sempre a ver o mundo com outros olhos.

Grande abraço

Manuel Ramos disse...

Amo as histórias que a minha noiva me conta:
são dádivas de amor para mim.
A descrição dos filmes, as histórias, a voz que me domina e enche de prazer....

beijos
Manuel

Anônimo disse...

Mari,
esses lindos escritos me lembraram de um poema de Clarice Lispector:

Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta do passado,
que o que mais queremos é sair do sonho e voltar no tempo.
Sonho com aquilo que quero.
Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida
nesta, as outras virão
e nela só tenho uma chance de fazer aquilo que quero.
Tenho felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas
que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida quando perdoar
os erros e as decepções do passado.
A vida é curta,
mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar porque em um belo dia "se morre".

Não me pergunte porque, não saberia responder.
Mas veio voando como passarinho quando terminei de ler os dois lindos textos do seu post.

Beijo Grande,
Hay

Sabrina disse...

A série de livros de histórias que aquecem o coração é linda... adoro demais!!!
E essa mensagem que colocastes é perfeita, pois o que é a vida senão interagir na vida do outro de forma positiva? Afinal estamos todos no mesmo caminho e ninguém nunca será feliz sozinho!!!

Adorei!!!

@-'--

Beijinhossss

Deep disse...

Gostei do seu blog, Mari.
Tem coisas belissimas, e o visual clean.
Salvei nos favoritos.. ;)


AbraçO