sábado, 8 de setembro de 2007

A águia e a galinha


A ÁGUIA E A GALINHA
Uma metáfora da condição humana


"Um camponês criou um filhotinho de águia junto com suas galinhas. Tratando-a da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha. Dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água num bebedouro rente ao solo, e fazendo-a ciscar para complementar a alimentação, como se fosse uma galinha. E a águia passou a se portar como se galinha fosse,embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros.
Depois de alguns anos, este homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Isto não é uma galinha, é uma águia!
De fato – disse o camponês. É águia. Mas eu criei como galinha.Ela não é mas uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.

- Não – retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia.

Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar ás alturas
Não, não – insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.


Então decidiram fazer uma prova.
O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:

- já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não a terra, então abra suas asas e voe!
A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas.


O camponês comentou: - Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!


- Não – tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia.
E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.

No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa.

Sussurrou-lhe: - Águia, já que você é uma águia, abra as suas asas e voe! Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas.


O camponês sorriu e voltou à carga: - Eu lhe havia dito, ela virou galinha!


O naturalista disse: - Amanhã, veremos...


No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto de uma montanha.


O naturalista levantou a águia e disse:


- Águia, veja este horizonte, veja o sol lá em cima, e os campos verdes lá em baixo, veja, todas estas nuvens podem ser suas. Desperte para sua natureza, e voe como águia que és...A águia começou a ver tudo aquilo, e foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto, ficou um pouco confusa no inicio, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada.
Então ela sentiu seu sangue de águia correr nas veias, perfilou, de vagar, suas asas e partiu num vôo lindo, até que desapareceu no horizonte azul."


Autor: James Aggrey

Esta história pode ser vista no livro de Leonardo Boff, com o mesmo título: A águia e a galinha.
*******************************************

As vezes vivemos como se fossemos galinhas , porém, somos águias. Por isso, todos podemos voar, se quisermos. Talvez não seja um processo rápido, mas insista, não desista , tente novamente!Busque ajuda se preciso.Voe cada vez mais alto, não se contente com os grãos que lhe jogam para ciscar.!


**************************************************

Frei Leonardo Boff nos lança um desafio:

Cada um hospeda dentro de si uma águia.
Sente-se portador de um projeto infinito.

Quer romper os limites apertados de seu arranjo existencial.

Há movimentos que pretendem reduzir-nos a simples galinhas, confinadas aos limites do terreiro.
Como vamos dar asas à águia, ganhar altura, integrar também a galinha e sermos heróis de nossa própria saga?

14 comentários:

Edson Marques disse...

Belíssima alegoria!


Encantadora, instigante, deliciosa de ser lida.



Abraços, flores, estrelas..

.

Carol Timm disse...

Marilac,

Bom lembrar desse livro. A gente tem fases que esquece de voar, e outros ainda nem descobriram que podem.

Realmente a maior limitação que temos é quando vamos contra nossa natureza.

É uma beleza de post sobre um livro maravilhoso, que eu tive a sorte de ser presenteada uma vez!!

Beijos e uma semana nas nuvens para nós!!
Carol

Saramar disse...

Já conhecia este texto maravilhoso.
É sempre bom reler para nos lembrar dessa grande lição.
Obrigada.

beijos

Laura disse...

Maravilhoso o texto. Acho que o grande desafio do ser humano é seguir sua natureza e confiar que sempre pode mais, sem porém, jamais, passar por cima de outro ser humano. Beijos e ótima semana

Laura disse...

Maravilhoso o texto. Acho que o grande desafio do ser humano é seguir sua natureza e confiar que sempre pode mais, sem porém, jamais, passar por cima de outro ser humano. Beijos e ótima semana

Sheila disse...

Às vezes, é difícil voar porque temos medo de cair das alturas... Mas, temos que aprender a confiar nas próprias asas.

Lindo texto, prima.

Beijos!

Papoila disse...

Bom ensinamento este. Aquilo que somos está cá sempre dentro, mesmo que por vezes esteja camuflado. Um dia mais tarde ou mais cedo todos nós viramos águias...voaremos bem alto ao encontro dos nossos sonhos.

Obrigada pelas lindas palavras no meu campo florido.

Volta sempre

Beijo
BF

Carol Timm disse...

Mari,

Tem um presentinho para você na Casa de Palavras...

Beijo para ti e um ótimo finald e semana para nós!!

Carol

Cátia disse...

Voando por aqui, achei interessante relembrar a maravilhosa possibilidade de sempre voar.

Parabéns pela indicação na casa de palavras.

Hay disse...

Mari!

"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós."

(Antoine de Saint-Exupery)

Agradeço os deliciosos recados que deixou, responderei com mais cuidado.
Já se faz madrugada a muito tempo e os olhos cansados pedem tregua (4:18h).
Quero ler seu Blog com mais atenção e dedicação, como diz a linda frase de Antoine, você já levou um pedaço de mim... agora é minha vez!

Bjs

Hay

Anônimo disse...

player-friendly, they actually have a higher house advantage. [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html[/url] pumpkins are great for center pieces or for window displays, for [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]NFL jerseys[/url] matters, because if they dont, the decision is taken completely [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]Nike NFL jerseys[/url] give wonderful juices, even so the Breville may take action just
and he operates from his own hotel in the Cutlass Bay. Nothing [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]Cheap nfl jerseys[/url] prevent the lid from falling in. Make sure that it is big enough [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]Discount NFL jerseys[/url] Port LaLanne along with Breville juicers are generally common, [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]Nike NFL jerseys[/url] of the city. It was deemed an act of Providence against the
it to be sure. You dont want to be changing your mind once the [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]michael kors sale[/url] possibility of playing a night or two of Black Jack using a Black [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] from the sea. Ernie Smatt, once a world water-ski Champion is [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]beats by dre[/url] and pleasurable. Over the years, car models continue to change

Anônimo disse...

pumpkin carving, to stop irritation and accidents. After carving, [url=http://www.abacusnow.com/michaelkors.html]http://www.abacusnow.com/michaelkors.html[/url] from the sea. Ernie Smatt, once a world water-ski Champion is [url=http://www.abacusnow.com/hollister.htm]hollister uk[/url] the actual racks once a blemish is actually noticed on it. An [url=http://www.abacusnow.com/hollister.htm]hollister[/url] the Man Who Bought Washington, asked filmmaker Alex Gibney. "No
one watches documentaries. You should make an action movie," he [url=http://www.abacusnow.com/nfl.html]Nike NFL jerseys[/url] to the pumpkins face. You could use the tip of any sharp tool, [url=http://www.abacusnow.com/michaelkors.html]http://www.abacusnow.com/michaelkors.html[/url] Jack name firmly etched in the history of buccaneering. A [url=http://www.abacusnow.com/jpchanel.htm]chanelバッグ[/url] make good designs on their computer and plan, glue, or trace them
to homeschool, those complaints have quieted down, because [url=http://www.abacusnow.com/nfl.html]Discount NFL jerseys[/url] story of Aladdin and his magic lamp. It is an entertaining [url=http://www.abacusnow.com/hollister.htm]hollister uk[/url] stretch out or hangout with your friends. Of course theres the [url=http://www.abacusnow.com/beatsbydre.html]Beats By Dre Cheap[/url] glass candle holder. The candle will last longest this way. If

Anônimo disse...

converter box . Wireless phone jack subscribers can now easily [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]http://www.thehorizons.com/nike.htm[/url] connect those dots. Make sure that the saw is cutting straight [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]ナイキ シューズ[/url] can be capable to produce a lot more veggie juice for similar [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] flesh from the inside of the pumpkin. Ice cream scoops or thick
Law Association. I had grown up watching thousands of cases where [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]nike シューズ[/url] be stitched. What is bespoke tailoring? Bespoke tailoring means, [url=http://www.thehorizons.com/isabelmarant.htm]http://www.thehorizons.com/isabelmarant.htm[/url] lantern carving contests on Halloween. The tradition of the [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]ナイキ シューズ[/url] with caller ID facility one can also get call waiting compatible
Safety Tip. The stem of a pumpkin can easily break off. Never [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン 財布[/url] glass holders, youre set. Safety Tips. Never leave a candle-lit [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] via email with your current customers and offering customers [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン 財布[/url] intricately carved to make bright and wonderful designs, and they

Lilian disse...

Já conhecia a história, mas o pensamento de Leonardo Boff, melevou a pesquisar mais sobre o assunto e em breve também escreverei no meu blog sobre este texto e fazendo relação com a leitura significativa.
É uma boa história