domingo, 13 de julho de 2008

O que faz um educador

A psicóloga Eliana França Leme, criadora do Quero-Quero, com crianças assistidas pelo projeto


O que faz um educador é o amor pelas crianças; e o amor pelas crianças que teimam em viver mesmo naqueles que já cresceram. O amor é esperto: ele sempre acha um jeito de chegar até o lugar onde mora o objeto amado. Pois não foi isso que fez a Rapunzel? Ela, presa na torre. O seu amor, lá em baixo, longe... Aí o seu desejo do abraço fez seus cabelos crescerem, crescerem muito, até chegar ao chão. E os seus cabelos se transformaram, então, numa escada pela qual o seu Príncipe subiu até ela. Um psicanalista imaginoso diria logo: cabelos são fios que saem da cabeça. Ora, os fios que nascem da cabeça são os pensamentos. O amor faz nascer os pensamentos que levam até o objeto amado. É assim que acontece com os verdadeiros educadores: eles descobrem um jeito de chegar até as crianças.
Pois foi o que a Eliana fez. Seus filhos cresceram e bateram asas. Mas ela continuou a amar as crianças. E da combinação de amor pelas crianças e inteligência cresceram, na cabeça dela, os fios que construíram o projeto educacional: “Quero-quero”. “Quero-quero” é o nome de um pássaro de pernas compridas (Vanellus chilensis lampronotus êta nome difícil!). Pode ser encontrado andando pelos campos. O nome está dizendo: quero, quero. Querer é desejar. Todos somos movidos pelo desejo. As crianças aprendem movidas pelo desejo. Essa é a intuição fundamental da Eliana: ela percebeu que a alma das crianças é habitada por sonhos, o maior deles sendo o desejo de ser amado e de construir o seu próprio futuro. Pedagogia do Desejo: é desse “quero-quero” que todos repetimos que brota o desejo de conhecer.

Rubem Alves


o texto completo vc lê aqui :http://www.rubemalves.com.br/queroquero.htm

4 comentários:

Carol Timm disse...

Mari,

Lindo texto!

Educar no sentido mais profundo da palavra é sem dúvida uma forma de amar.

O quero-quero deve ser um pássaro semeador de amor.

Beijos,
Carol

PS: Quero-quero que essa gripe vá para bem longe... rs

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Mari,
Texto belíssimo, realmente!
O Amor sempre encontra caminhos, caminho de se manifestar, caminho de se doar. Graças ao Amor podemos crer na salvação, na salvação através da educação de nossas almas.
Assim Deus age com cada um de nós.
Carinho do amigo,
Benja.

Eternessências disse...

"MARI":
Emmanuel,benfeitor espiritual de nossas almas e orientador dos trabalhos de Chico Xavier, afirmou, em um de seus livros,que "TODOS OS PROBLEMAS SÃO DE BASE EDUCACIONAL".A educação, portanto, é e será sempre a solução para nós. Se nos auto-educarmos,seremos mais brandos, mais cooperativos, mais compreensivos e amorosos com os que nos cercam. Nossa atitude educada contagiará outros corações e tudo será melhor!
Não é por acaso que a Educação tem
sido negligenciada pelos governos e, infelizmente , por tantas famílias!
Contudo, a despeito da "corrente do CONTRA", existem pessoas como ELIANA, que abraçam seus ideais e beneficiam seus semelhantes com seu entusiasmo e energia focada no Bem!
QUERO-QUERO é um projeto fundado no amor... E que ele VOE EM BANDO!...
Um beijo de ternura!
Rose.

Ela disse...

Adoro Rubem Alves, ele e suas metáforas que sempre me tocam a alma.

Sou educadora, e amo o que faço, acredito sim que o desejo de conhecer é interno, mas depende substancialmente de pessoas, no caso, professores apaixonados que o desperte!

lindo!