quarta-feira, 8 de julho de 2009

Oratórios


"caixinha sagrada"
que guardava os santos que guardavam a família.


Mamãe me mostrou as fotos tiradas no interior na ultima noite de novena , numa delas a dona Aldenora ajeitava as velas , antes de começarem as orações.

Lembrei da minha avó.

Gosto de oratórios,uma tradição que sempre achei linda, e que marcou minha infância, pois eu era fascinada pelo lindo oratório da vovó Alice.As vezes ela me deixava ajudar a arrumar os santos, trocar as flores, e eu me sentia realizando algo sagrado....

4 comentários:

Rose disse...

Aqui em casa,"Mari" querida", havia,na minha infância, ladainha no dia de Nossa Senhora da Penha. É a madrinha do meu pai.Tenho doces lembranças dessa época em que misticismo e inocência eram ingredientes de uma vida tranquila e feliz!...
Oratórios também me encantam... Eles são testemunhas de momentos sagrados, de fé.
Um beijo de carinho,
Rose

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Mari,
Também acho lindos os oratórios. Aqui mamãe sempre teve o costume de fazer uma espécie de altar, onde ora e acende velas. De certa forma, isto contribuiu para a nossa religiosidade e o hábito da oração.
Carinho e saudade,
Benja.

Carol Timm disse...

Mari,

Saudades suas também. Mas a correria e o cansaço pouco me permitem acessar a internet durante a semana. Como a gente muda, né?

Esse post me lembrou minha mãe. Tinha livros de reza com muitos santinhos. Rezava religiosamente todo dia. Tinha muitos santos pela casa, ritual que mantenho até hoje.

Mas o que ela fazia que achava mais bonito era comprar flores e colocar nos retratos da mãe (minha avó materna) e mais tarde do meu avô.

Meu avô sempre cultivou o hábito de colocar uma flor ao lado do retrato de minha avó. A saudade dele era perfumada!

Eu raramente faço isso, mas a foto da minha mãe, está ao lado dos vasos na janela. Talvez seja a minha forma de rezar todo dia para florir os dias dela.

Beijos e bom final de semana!
Carol

helen ps disse...

Olá, Mari.
Realmente os oratórios representam o sagrado, o local da casa das pessoas onde se faz a religação com o divino, onde se corporifica a fé. E isso só pode trazer boas lembranças.
Abraço.

PAZ e LUZ